01 abril 2013

Administração repressora

Mais de 4500 confirmados e outros 1400 "indecisos" num evento no Facebook chamado "Pela redução da tarifa! SEGUNDA VAI SER MAIOR!". Trata-se de um protestos contra o aumento da passagem de ônibus aqui em Porto Alegre. Aqui a passagem custa R$ 3,05, um valor altíssimo comparado com disponibilidade e qualidade do transporte coletivo. Um valor que vem sendo investigado pelo Tribunal de Contas do Estado que estabeleceu que o valor correto seria de R$ 2,60. Um valor que só serve para dar mais lucro para as empresas de ônibus e quem sabe quem mais ganha dinheiro por isso. Um aumento feito indevidamente, sem consenso da população.

A semana passada foi marcada por 2 protestos contra a passagem, um maior que o outro, e o número de participantes aumenta cada vez mais. Todos indignados com a forma que o povo é tratado e eu me orgulho de pessoal. Fui num dos protestos da semana passada e confesso que não estou indo no de hoje por medo. Medo de apanhar da polícia que está louca pra achar um motivo pra bater em alguém. Hoje eu vou ficar aqui sentada na frente do computador, dividida entre medo e vontade de lutar, acompanhando os acontecimentos pelo Facebook.

O protesto que está começando neste momento vai ser mostrado pela mídia de uma forma toda distorcida, mostrando só a parte ruim, caso essa aconteça, e apoiando o governo, como sempre. Como foi no último: 10 minutos de protesto conturbado e mais de 3 horas de protesto pacífico, com mais de 2 mil pessoas andando pelas ruas de Porto Alegre. O que os jornais e a televisão mostraram? Os 10 minutos de protesto conturbado. Vimos repórteres e câmeras correndo para nos acompanhar e depois, quando assisti o resultado das reportagens, deu pra ver o quanto manipularam as informações e fizeram os manifestantes de vilões.

Ai embaixo está um vídeo que mostra como tudo aconteceu. E não se enganem achando que a pixação no ônibus é vandalismo, os motoristas e cobradores apoiaram, pararam seus ônibus para serem pixados, eles estão do nosso lado, veem o lucro que as empresas ganham enquanto o salário deles é baixo.


Enfim, é possível que esse protesto seja noticiado em rede nacional, mas não acreditem em metade do que a mídia disser, procurem por outras fontes pela internet. É o melhor que toda a população tem a fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário